quinta-feira, 12 de abril de 2018

Como Aproveitar As Carnes E Os Ossos Do Peito De Frango, Receita De Caldo E Torta De Frango



O Que Fazer Com As Carnes E Os Ossos Do Peito De Frango, Depois De Tirado Os Filés?


Muitas pessoas quando vão consumir o Peito de Frango optam pelos filés por não saberem cortar ou aproveitar bem os ossos e as carnes do peito de frango. Mas se você quer saber, eu adoro os ossos e as carnes que sobram depois de se cortar os filés do peito com osso!
Eu já ensinei em outra receita como fazer filé de peito de frango à milanesa, aliás, o segredo da milanesa também já foi revelado a você nas receitas à milanesa que trago neste blog, bem como, em um artigo específico. (visite os links que destaquei para saber mais sobre a arte da fritura a milanesa)
Hoje eu vou falar mais sobre o aproveitamento das carnes e ossos do peito de frango. Com eles dá para você fazer um divino caldo e depois, ainda, preparar uma torta de frango maravilhosa.

Peito De Frango Com Osso, O Que Fazer?

Depois que você cortar os filés do seu peito de frango com osso, você observa que fica muita carne ainda entremeada na parte interna do osso do peito. A parte mais interna que hoje muitas empresas já comercializam em separado é o sassami. O sassami é muito saboroso ele é mais úmido e macio e muito bem aceito na gastronomia.
Mas não vamos desviar, pois bem, essa carne mais interna e as que ficam mais coladas aos ossos daquela parte da costela do peito. Essas carnes que recobrem os ossos são muito saborosas e depois de cozidas podem muito bem ser aproveitadas e facilmente destacadas dos ossos.

Fazendo Um Caldo Com Peito De Frango Com Ossos, Verduras, Legumes e Temperos

Então você cortou seus files e agora vamos fazer o caldo. Toda aquela carne que sobrou no osso do peito vai para uma panela com água, aproximadamente uns 600 a 700 ml.
Nessa minha receita eu fiz o caldo para usar na torta. Fiz com um único peito, mas se você tiver trabalhando com dois peitos ou mais pode preparar o caldo com mais carnes, coloque um pouco mais de água para poder cobrir a carne.
Para essa nossa receita de Torta de Frango vou precisar de 2 xicaras de chá do caldo (aproximadamente uns 500ml) Se você ficar com um excedente de caldo você pode guardar em potes de vidro na geladeira e usar no preparo de outros pratos,ok! (Observação: é importante colocar uma etiqueta identificadora, dizendo que se trata de um caldo de frango e a data que você fez o caldo. Recomenda-se mantê-lo dentro da geladeira e não na porta, por no máximo uns 10 dias).
Bem, vamos agora fazer nosso caldo, os ingredientes podem mudar, você pode criar o seu caldo variando temperos e legumes para cozinharem juntos. O importante é entender o processo. Estou passando os ingredientes que usei para fazer o meu caldo, ou melhor, este caldo porque eu sou muito criativa e gosto sempre de inovar nos sabores, mas este ficou muito gostoso.

Ingredientes Do Caldo De Peito De Frango Com Legumes, Verduras E Temperos

1 peito de frango com osso depois de retirado os filés
1 cenoura, média, cortada em rodelas médias
100 gramas, aproximadamente, de repolho o que pode ser ¼ de um repolho pequeno
50g de salsa e cebolinha
½ pimentão verde (ou usar de outra cor ou mesmo fazer um mix de cores com os pimentões)
1 cebola média picada
3 dentes de alho em fatias
3 folhas de louro
1 colher de sopa de gengibre ralado
½ colher de café de nós moscada ralada
1 colher de chá de pimenta calabresa
½ colher de sopa de sal (mas depois que começar a cozinhar o frango, já estiverem fervendo bem os ingredientes, os sabores já se agregarem, experimenta o sal, para verificar se ficou a seu gosto)

Como expliquei o caldo pode sofrer bastantes variações tem vez que uso açafrão, páprica picante ou doce, às vezes uso colorau, grãos de pimenta para ferver junto, ou mesmo, a pimenta dedo de moça. Mas nesta versão eu fiz com os ingredientes descritos acima.

Deixo o caldo ferver bastante, gosto de sentir que os legumes estão bem cozidos e a carne do frango também bem desprendido do osso. Claro que eu terei que desossar, pois ele não vai se desprender 100%, mas gosto de sentir com o garfo que ele está bem cozido e soltinho dos ossos. Cozinhe por pelo menos 30 minutos, o tempo acaba mesmo dependendo da potencia de cada fogão, por isso esse tempo é apenas uma referência pode ser menos ou mais, ok!

Depois que o caldo esfria, ou às vezes no outro dia eu faço a minha torta de frango. Quando eu guardo o caldo nesta situação para usar no dia seguinte eu nem mexo na carne, nem desosso, apenas acondiciono todo o caldo com os legumes e a carne em uma travessa tampada na geladeira para o dia seguinte.

Receita Da Torta De Frango






Ingredientes Da Torta de Frango – O Recheio

1 cebola pequena cortada em cubos
2 dentes de alho amassados
2 tomates sem sementes cortados em cubos
A Carne, Os Legumes e Os Temperos do Caldo
50g de Azeitonas Fatiadas (use 2/3 para o recheio da torta e reserve  1/3  para a depois na cobertura, decoração)
Cheiro verde picado a gosto
Sal e Orégano a gosto
Pimenta do Reino a gosto
Queijo Parmesão ralado a gosto para a cobertura da torta

Ingredientes Da Torta De Frango – A Massa

2 ovos
½ de xícara óleo
 ½ xícara de azeite
3 colheres de queijo parmesão ralado
1 xícara de chá de farinha de trigo
1 xícara de chá de amido de milho
1 colher de fermento em pó

Modo De Preparo Da Torta De Frango

O Recheio - As Carnes De Frango, Os Legumes E Os Temperos

Depois de esfriado o caldo com uma escumadeira separe as carne do frango com osso, as cenouras, os repolhos e os restantes dos temperos que nesta altura estão bem desmanchados.
Vamos picar as rodelas de cenoura e reservar.
Vamos picar os pedaços de repolhos e reservar.
Vamos terminar de separar a carne dos ossos, escarne, descarte os ossos,  pique a carne e reserve.
Recolha os temperos também do caldo, escorra, dê uma picada e reserve.
Assim, você ficou com o caldo praticamente limpo dos temperos, legumes e carne. Reserve esse caldo que ele será usado na massa da torta.

O Recheio - Na Panela E No Fogo

Refogue 2 dentes de alho espremido e 1 cebola pequena picada, deixe-a bem douradinha. Tempere com um pouco de sal e orégano.
Acrescente a carne de frango picada que você reservou. Mexa bem e continue refogando na panela até ir acrescentando todos os outros ingredientes um a um.
Acrescente a cenoura picada e reservada a esse refogado. Mexa bem.
Acrescente o repolho picado e reservado a esse refogado. Mexa bem.
Acrescente os temperos picados e reservados a esse refogado. Mexa bem.
Desligue do fogo. E agora para finalizar o recheio acrescente a essa mistura os 2 tomares picados em quadradinho, os 2/3 das azeitonas e o cheiro verde picados a gosto. Mexa tudo muito bem.
Para esfriar esse recheio da torta retire-a da panela e coloque-o num prato raso para esfriar, enquanto você faz a massa da torta.

A Massa da Torta  -  No Liquidificador

Bata no Liquidificador os 2 ovos, as 2 xícaras de Caldo, ½ xícara de Azeite e ½ de Óleo e as 3 colheres de queijo ralado.
Em seguida acrescente e bata a xícara de farinha, axícara do amido de milho e, por último, a colher de sopa do fermento.
Observe que eu não acrescentei sal na massa porque o caldo já tem sal e o queijo parmesão também é salgadinho.





A Montagem Da Torta De Frango

Unte a Assadeira com margarina e farinha.
Coloque a metade do batido do liquidificador no fundo da assadeira.
Coloque todo o Recheio sobre a Massa. Se quiser pode aproveitar para ralar um pouco de queijo parmesão sobre o recheio.
Termine cobrindo o recheio com a massa restante do batido no liquidificar.
Para decorar coloque as azeitonas restantes, rale mais um pouco de queijo parmesão por cima e rale pimenta do reino a gosto.
Leve ao forno pré-aquecido por uns 30 minutos ou mais, vai depender do seu forno, mas tem um segredo importante, quando a torta começa a cheirar ela já está próxima do ponto.
Faça o teste do palito, saiu sequinho está pronto. Querendo ela mais tostadinha deixe uns minutinhos a mais no forno, só não esqueça as sua torta lá heim : D

Bom apetite! E assim você aprendeu a aproveitar por inteiro o peito de frango com osso e vai poder economizar e diversificar sua culinária com tortas divinas para você, familiares e amigos. 



NOVIDADES NO BLOG


Estou lançando o Ebook Receitas de Família para Encontros Especiais com as receitas da D. Carmen (minha mãe) com pratos maravilhosos para uma recepção familiar ou de amigos. 


São 8 Capítulos que chamo de Cadernos (remetendo ao hábito de minha mãe colecionar suas receitas em cadernos): 
4 Cadernos para os Pratos de Carnes (vermelha, branca e peixe); 
1 Caderno para as Massas
1 Caderno para os Acompanhamentos com receitas maravilhosas de legumes; 
1 Caderno para as Comidinhas, aperitivos, lanches e salgadinhos que não podem faltar nos encontros agradáveis e 
1 Caderno para Doces e Sobremesas.


Quer conferir esta Maravilha de dar água na boca? CLIQUE AQUI!!!!





disponível na

Receitas Para Encontro, Almoço E Jantar, Para Comemorar O Dia Da Sogra




Receitas Para Encontros, Almoço E Jantar, Para Comemorar O Dia Da Sogra 

No Ebook de Culinária Receitas de Família para Encontros Especiais a autora Sheila Duarte trouxe a público as receitas de sua família para ajudar você a elaborar Menus muito gostosos, simples e fáceis de fazer e que vão dar sabor especial aos seus Encontros.

A cozinha é o centro de lazer da casa, então, que tal preparar pratos fáceis e que trazem muito sabor, mas sem dar muito trabalho. Pois afinal, o bom nesses encontros é poder curtir a família sem sobrecarga de trabalho na preparação dos pratos!

Para receber neste sábado dia 28 de abril Dia da Sogra que tal criar um cardápio muito saboroso, diversificado com receitas que atendem do aperitivo ao prato principal, mas sem muito trabalho?

Você precisa conhecer o Ebook de Receitas Para Encontros Especiais, confira o que você vai encontrar nele e como ele está estruturado.

Estrutura Do Ebook  De Receitas De Família Para Encontros Especiais

Autora: Sheila Duarte
Formato: Ebook Kindle
Editora: EFU Edições Favas Urbanas
Páginas: 97 páginas ilustradas
66 receitas distribuídas em 8 Cadernos Temáticos
Está Disponível da Amazon



Montando Cardápios Escolhendo Diversas Receitas Afetivas


Nos cadernos (seções) de carnes você encontra Aves, Peixes, Bacalhau, Carnes de Porco e Vaca.

No Caderno de Misturinhas muitas sugestões clássicas e familiares como os pimentões recheados, as bananas a milanesa, batatas entre muitos outros pratos.

Vários Petiscos gostosos para começar a esquentar a prosa. Com bastantes receitas também de Doces e Sobremesas para adoçar o final do Encontro.

Com o Ebook Receitas de Família para Encontros Especiais você está adquirindo uma Coleção de Receitas em que poderá dispor para diferentes Festas e Confraternizações e não se esqueça de que o Dia das Mães também está chegando.

Aproveite ao máximo estas deliciosas receitas caseiras, de família e que agradam muito o paladar de todo mundo de crianças a adultos.



Ebook De Culinária “Receitas De Família Para Encontros Especiais” Um Presente Exclusivo


Na Loja Amazon.com você tem um dispositivo especial que pode enviar o Ebook como presente. E se você quer incentivar sua sogra a entrar no mundo da internet ou se ela já é conectada e amante da culinária também, é um excelente presente, charmoso, diferente e antenado.

Que esse encontro aconteça com muita alegria. Desejo a vocês uma boa confraternização, um bom encontro, pois o bom da vida é desfrutar desses momentos, dessa união. E vamos combinar que todo encontro quando acompanhado de uma boa mesa tudo fica muito melhor  : )


















***


Quer conferir esta Maravilha de dar água na boca? Leia A Prévia Gratuitamente: CLIQUE AQUI!!!!



disponível na

sábado, 17 de fevereiro de 2018

Receita De Ovos Estrelados No Molho De Tomate

Receita De Ovos Estrelados 

No Molho De Tomate


Ovos Estalados Ou Ovos Estrelados? Escolhendo O Nome Da Receita

Comecei este artigo êpa! essa receita procurando um nome certo para ela, pois vem a dúvida ovos estrelados ou ovos estalados, confesso que independente do dicionário me baseei na busca para poder chegar mais fácil até você!

Bem, um momento informativo do texto: os dicionários trazem os dois termos como corretos, ovos estrelados e ovos estalados ou ainda estralados, que também esta correto, mas confesso que fiquei com os ovos estre porque na busca venceu o termo ovos estrelados!!!



Ovos Estrelados No Molho De Tomate: “Ovos Do Inferno”

Mas voltemos ao tema, eu conheço essa receita já do berço e minha mãe a chamava de “Ovos do Inferno” o que além de saborosa eu achava o prato muito divertido, pois aquele contraste do vermelho do molho com aqueles ovos atoladinhos, escaldantes, no meio do molho ficava muito sugestivo com o nome do prato. J

Mas como minha preocupação é conseguir que essa receita seja encontrada. Assim, achei melhor dar um nome que traduza o que esta receita é:  um delicioso molho de tomates ou purê de tomates sobre o qual quebramos os ovos para que cozinhem neste molho.

Essa receita é Hummmma delícia é uma forma de comermos ovos estrelados mais saudável, sem que seja cozido no óleo, fritos no óleo.



Vamos Aos Ingredientes Dos Ovos Estrelados No Molho De Tomate

Primeiro uma informação eu estou evitando o uso de produtos industrializados, por conseguinte, de tomates prontos, molhos, purês, por isso eu mesmo fiz meu purê de tomates, mas caso você consuma estes produtos tudo bem, pode fazer com eles que a receita dá super certo!

Eu fiz essa receita com:

4 ovos
 6 tomates médios
½ cebola média
2 dentes de alho
½ pimentão amarelo médio
1 colher de sobremesa de colorau
½ colher de sobremesa de páprica picante (se voce preferir pode usar a páprica doce)
3 colheres de sopa de azeite
Sal, ervas secas e pimentas a gosto: eu fiz com orégano, pimenta calabresa e pimenta do reino moída na hora.
Ervas frescas a gosto também: eu usei cebolinha, salsinha e manjericão.

Modo De Fazer A Receita De Ovos Estrelados No Molho De Tomate


Preparo do Molho: Como Fazer o Molho de Tomate, Como Fazer Purê de Tomate

No liquidificador:
Os tomates sem sementes picados grosseiramente, mais para ajudar o nosso amigo liquidificador. Assim também fiz com a cebola, pimentão e o alho
Acrescentei os temperos e ervas secas. As ervas frescas deixei para colocar no final.
Acrescentei aproximadamente umas 3 colheres de sopa de azeite.
Coloquei um pouco de água para ajudar na liquidificação dos ingredientes, aproximadamente ½ copo americano de água, não coloque tudo de uma vez só à medida da necessidade.

No fogão:
Passei o batido de tomates, o purê de tomates, para uma frigideira de abertura larga e levei ao fogo.
Caso você gosta de um sabor mais marcante do alho, você pode fritar o alho no azeite antes de colocar o purê de tomate.
Enquanto o molho engrossa você deve provar para verificar o sabor se precisar de sal, mais pimenta ou ervas secas prepare a seu gosto.
Quanto ao molho ou purê, quando estiver mais apurado, mas não totalmente grosso, coloque as ervas frescas e reserve um pouco para jogar por cima para a finalização do prato.
Pronto, pode quebrar os ovos sobre o molho, coloque um pouco de ervas secas sobre cada ovo, uma pimentinha e o sal. Por fim, quando os ovos estiverem com as claras coaguladas e a gema do seu gosto, acrescente as ervas frescas.

---


As Qualidades Nutricionais Do Ovo

Gostaria de falar um pouco mais sobre o ovo e seu benefício para a nossa saúde.
O ovo é um super alimento se pensarmos que nele há nutrientes, proteínas que são capazes de constituir uma nova vida.

O ovo possui:

Na Clara - uma rica fonte de selênio, vitamina D, B6, B12 e minerais, como zinco, ferro e cobre.
Na gema - há mais calorias e gorduras. É fonte de colesterol, vitaminas lipossolúveis A, D, E e K e lecitina.
No ovo encontramos uma substancia chamada de Colina. A colina é uma vitamina solúvel em água que é muitas vezes agrupada com as vitaminas do complexo B. Ela é importante a constituição das membranas celulares e ajuda a produzir moléculas de sinalização para o cérebro.

Para ler mais sobre As Propriedades Do Ovo recomendo Dois Artigos:


---


RECADINHO NO BLOG


Eu continuo a divulgar meu Ebook Receitas de Família para Encontros Especiais. Por isso, convido vocês a ler uma prévia que está Disponível na Amazon.


São 8 Capítulos que chamo de Cadernos (remetendo ao hábito de minha mãe colecionar suas receitas em cadernos): 

4 Cadernos para os Pratos de Carnes (vermelha, branca e peixe); 
1 Caderno para as Massas
1 Caderno para os Acompanhamentos com receitas maravilhosas de legumes; 
1 Caderno para as Comidinhas, aperitivos, lanches e salgadinhos que não podem faltar nos encontros agradáveis e 
1 Caderno para Doces e Sobremesas.

Quer conferir esta Maravilha de dar água na boca? Leia A Prévia Gratuitamente: CLIQUE AQUI!!!!




disponível na

sábado, 28 de outubro de 2017

Comida Caseira Arroz com Jiló

Arroz com Jiló minha comida afetiva





Arroz com jiló é daquelas comidinhas caseiras que trazem sempre boas recordações e o paladar afetivo.

Minha recordação com este prato ocorreu no tempo da faculdade, montamos uma república e minha amiga Ana Paula mineira que cozinhava que era uma beleza trouxe este prato para a roda. Alugamos uma casa em que havia plantado pés de jilós, nem fazia noção do que eram aqueles arbustinhos!!! Mas Paulinha já capitalizou o produziu maravilhoso arroz com jiló, hummma delícia.

Na cozinha mineira de Paula estava o prato Arroz com Jiló e de sua culinária ele veio para a meu repertório.

Então vou contar para você como eu, depois na distancia deste tempo, resgatei o Arroz com Jiló para a minha vida e para a minha família. Esta aí uma receita de uma verdadeira comida confortável, comidinha caseira.

Ingredientes que você vai precisar:

350g de jiló
300g de arroz ou aproximadamente 2 xícaras de arroz
4 xícaras de água aproximadamente, vou ensinar como ajustar a água na receita!
½ Cebola,
2 dentes de alho,
ervas secas e sal a gosto, assim como na berinjela eu gosto muito do orégano no jiló!
azeite o que se pede, pois como na berinjela o jiló absorve bem o azeite.
cheiro verde fresco picado para a finalização do prato

Modo de Fazer

Preparando os Jilós

Depois de lavá-los e secá-los, retire o caule: corte uma tampinha não muito rente para extrair o caule. Depois corte o jiló em cruz, mas não separe as partes do jiló, corte em cruz mais ou menos até entrar com a faca até à metade do jiló, ok!

Preparando os temperos

Cebola cortadinha e alhos amassados, você pode preferir e fazer de outro jeito, mas eu gosto dos temperos assim bem miudinhos.

Refogando os Jilós

Comece o prato refogando os jilós. Primeiramente coloque uma colher de sopa de azeite para refogar os jilós que estão sequinhos e cortados em quatro, mas que se mantém numa unidade, correto!

Caso ele absorva bem o azeite pode colocar um pouco mais de azeite para você poder refogar a cebola e o alho. Pode dar uma abafadinha na fritura para ajudar a amolecer o jiló, mas sempre de olho, mexendo para não queimar o jiló.






Acrescentando o Arroz

Quando o jiló estiver fritinho, ou seja, mais molinho, mas firme, você acrescenta o arroz lavado e escorrido.

Misture tudo e deixe fitar um pouquinho, mas não precisa fritar muito, só o tempo de misturar bem.

Acrescente umas 3 xícaras de água e o sal a gosto. Mexa bem e deixe refogar com a tampa meio aberta.



A Finalização do Prato

O segredo do Arroz com Jiló vem agora: você quer uma arroz sequinho, macio e soltinho, certo! Então, você precisa se dedicar à textura do arroz: quando o arroz já estiver mais para seco, você observa a textura, provavelmente ele ainda vá pedir um pouco de água, então reserve mais uma xícara de água e vá colocando aos poucos para finalizar a textura do arroz.

Abaixe o fogo e vá colocando a água em colheradas, espalhe-a sobre a superfície da panela e pode abafar.  

Agora com a tampa fechada e o fogo baixo ele vai criando um vaporzinho bom. E assim você vai destampando o arroz colocando mais uma colherada de água, tampando o arroz e assim, deixando o arroz ir secando neste processo. Acrescente no final as ervas frescas picadas.


Voilá um Arroz com Jiló sequinho, soltinho e com a textura do jiló bem cozidinha, mas não desmanchados, firmes, intactos. 

Para mim Arroz com Jiló é a típica comida reconfortante! Bom Apetite.






Meu lembrete de Final de Receita:

Eu continuo a divulgar meu Ebook Receitas de Família para Encontros Especiais. Por isso, convido vocês a ler uma prévia que está Disponível na Amazon.


São 8 Capítulos que chamo de Cadernos (remetendo ao hábito de minha mãe colecionar suas receitas em cadernos): 

4 Cadernos para os Pratos de Carnes (vermelha, branca e peixe); 
1 Caderno para as Massas
1 Caderno para os Acompanhamentos com receitas maravilhosas de legumes; 
1 Caderno para as Comidinhas, aperitivos, lanches e salgadinhos que não podem faltar nos encontros agradáveis e 
1 Caderno para Doces e Sobremesas.

Quer conferir esta Maravilha de dar água na boca? Leia A Prévia Gratuitamente: CLIQUE AQUI!!!!





disponível na

sábado, 16 de setembro de 2017

Salada de Berinjela Refrescante Receita Para os Dias de Calor

Eu adoro berinjela tanto que no meu Blog “Cadernos de Receitas da D. Carmen” eu trago várias Receitas de Berinjela , tais como o Medalhão de Berinjela, a Berinjela Especial, a Berinjela Temperada e a Pizza de Berinjela.  Também em meu Ebook de Culinária “Receitas de Família para Encontros Especiais” eu apresento mais receitas com a berinjela como aperitivo, a exemplo da Berinjela Grelhada.


Enfim, agora com o calor que está voltando quis fazer uma versão bem refrescante com a berinjela. Assim, fiz uma salada cozida com a berinjela. Vamos à Receita da Minha Salada de Berinjela!

Ingredientes

2 berinjelas pequenas (eu recebi do meu fornecedor de orgânicos estavam super frescas, então procura as berinjelas bem firmes, ok!);

1 alho bem amassadinho;

Meio maço de cheiros verde (eu estava sem hortelã, mas se você tiver pode colocar umas folhas, vai ficar demais!!!);

Folhas de louro (eu não posso ver uma água fervendo que logo já coloco folhas de louro para cozinhar junto, faço isso na água do macarrão, na água do arroz, na água que uso para cozinhar legumes e tubérculos. Experimente!!! E ainda de quebra a sua cozinha ficará aromatizada, incensada no cheiro do louro, simplesmente divino!!)

Ervas secas, pimenta, sal e canela em pó a gosto (o detalhe da canela é bem interessante, pois ela dá um toque especial para o prato, parece que ela fica levemente defumada);

Suco de limão a gosto

Azeite bem regado até começar a saturação porque a berinjela fica muito gostosa com bastante azeite.

Modo de Fazer


As Berinjelas

Coloque água numa panela, acrescente sal e para saborizar e deixar o cozimento mais aromático 3 folhinhas de louro.

Coloque as berinjelas dentro. Não abra as berinjelas, à medida que ela for cozinhando você faz uns furos para testar se já está macia no centro.

A minha levou uns 13 minutos para ficar macia, mas isso vai depender do tamanho de suas berinjelas e do poder de fogo do seu fogão. Por isso, fure as berinjelas para sentir o cozimento, ok!



Preparando as Berinjelas

Depois que as berinjelas murcharem, o centro delas estiverem bem cozidas, retire-as da água e escora-as.

Observe bem a etapa de escorrer as berinjelas, isto é importante para que elas não fiquem encharcadas. Esse processo é super simples basta colocá-las num prato, incliná-lo e segurar com o garfo para elas não escorregarem e assim escorrer o excesso da água.

Berinjela escorrida agora é só amassar com o garfo, bem amassadinho, você trabalhando com ela quente é muito rápido.


Temperando as Berinjelas

Vamos começar amassando o alho, como eu disse um alho exprimindo, cuidado com a quantidade, pois o excesso de alho pode deixar a berinjela muito ardida, por isso minha dica é 1 dente de alho bem amassadinho, é o suficiente!

Pique bem miudinho o cheiro verde e misture, depois acrescente um pouco de sal, ervas secas, pimenta e sal. Eu usei o orégano que eu gosto muito com a berinjela. Experimente o tempero, é super importante experimentar a comida que estamos preparando. Agora vamos ao toque especial, coloque a canela em pó, não seja muito modesto senão você não vai sentir o sabor diferenciado, mas não exagere, mais uma vez vai a dica - experimente!!!

Agora para finalizar o limão e o azeite. Eu gosto de uma pegada mais azedinha eu usei meio limão que estava suculento. Quanto ao azeite é interessante que ele fique um pouco saturado para dar mais sabor a nossa berinjela.





Algumas Considerações sobre o Prato

Eu gosto muito da berinjela chapeada ou a berinjela levada direto à chama para assar, desidratar, cozinhar, enfim.  Dá para fazer a pasta de berinjela a partir destes processos. Eu adaptei o processo ao cozimento na água porque meu marido não gosta muito do sabor defumado que a grelha e a chapa emprestam à berinjela.

Então fica a dica se você gosta de uma berinjela grelhada experimente fazer esta salada a partir deste processo de cozimento vai ficar muito bom também. Então neste caso você vai continuar a testar o centro da berinjela, quando ela estiver bem molinha, fácil de enfiar o garfo até o centro dela estará pronta.

O processo na grelha ou na chama direto facilita tirar um pouco a casca, então você pode tirar um pouco, eu não recomendo tirar tudo, mas vai do gosto pessoal.


Bem amigxs espero que esta receita tenha agradado a vocês.


 ...


Eu continuo a divulgar meu Ebook Receitas de Família para Encontros Especiais. Por isso, convido vocês a ler uma prévia que está Disponível na Amazon.


São 8 Capítulos que chamo de Cadernos (remetendo ao hábito de minha mãe colecionar suas receitas em cadernos): 

4 Cadernos para os Pratos de Carnes (vermelha, branca e peixe); 
1 Caderno para as Massas
1 Caderno para os Acompanhamentos com receitas maravilhosas de legumes; 
1 Caderno para as Comidinhas, aperitivos, lanches e salgadinhos que não podem faltar nos encontros agradáveis e 
1 Caderno para Doces e Sobremesas.

Quer conferir esta Maravilha de dar água na boca? Leia A Prévia Gratuitamente: CLIQUE AQUI!!!!





disponível na

domingo, 30 de julho de 2017

Almoço Gostoso para o Dia dos Pais

Você que tem acompanhado meu Blog de Culinária "Cadernos de Receitas da Dona Carmen" sabe que tenho postado aqui deliciosas receitas que eu como "boa filha da linhagem que fui marinada" aprendi a fazer a partir da culinária da D. Carmen, minha mãe.


Mas também tenho buscado cada vez mais trazer minhas receitas, mostrando meu próprio caminho, como tenho feito nas últimas postagens, apresentando também meus próprios pratos.

Esta culinária que desenvolvi conta um pouco da minha história, minhas referências, como a cozinha de minha mãe D. Carmen, mas também conta da minha própria trajetória, como por exemplo, das influências da cozinha baiana soteropolitana, uma vez que morei em Salvador quase quatro anos, cidade muito querida por mim.

Mas toda a origem de ter-me voltado para a culinária foi fruto da minha paixão por minha mãe e pela paixão dela pela culinária. Essa aproximação com a culinária, não vou usar o termo gastronomia porque nossa cozinha é mais afetiva e menos sofisticada do que a cozinha gourmet pede, foi movida pelo sabor e pelo prazer da comida na minha vida familiar.

Meu Amor pela Cozinha e Meu Ebook de Culinária "Receitas de Família para Encontros Especiais"


Neste artigo vou falar dessa paixão e de seus frutos, bem como de como é gostoso poder compartilhar uma paixão através de uma ação ou de uma obra. Seja fazendo um prato para quem se ama, seja criando um Ebook com as Receitas que aprendeu com sua família e daquelas que você criou a partir deste conhecimento.

Meu objetivo é resgatar esse meu vínculo com a cozinha e contar sobre meu Ebook de Culinária que reflete muito essa relação afetiva.

Quero trazer você para os meus sabores e saberes de família e te lembrar de que neste Dia Dos Pais você pode demonstrar seu amor preparando um almoço bem gostoso pra ele. Ou se seu pai é um homem emancipado quem sabe ele não queira receber a família preparando um almoço bem acolhedor, não é mesmo!!!?Enfim, comida tem tudo a ver com amor, com encontros!

Então, quero te contar um pouco do meu Ebook de Culinária que foi feito justamente para este clima – O Encontro Familiar, o Encontro entre Pessoas Amigas e Amadas. E o que não falta neste Ebook são receitas afetivas e que combinam muito bem com este Clima dos Bons Encontros. Por isso meu Ebook se chama "Receitas de Família para Encontros Especiais".

O Encontro Familiar do Dia dos Pais e o Ebook Receitas de Família para Encontros Especiais


E se você quer fazer aquele Encontro Gostoso para o Dia dos Pais, um Encontro Com Tudo Dentro, vai encontrar Receitas Gostosas para um Petisco, para um Prato Principal, para os Doces e Sobremesas. Você vai encontrar, enfim, sugestões de receitas para o dia dos pais, sugestões de menus e cardápios.

Já pensou um Encontro sem os Petiscos, sem chance, pois, afinal são eles que acolhem os convivas. São eles que chegam junto com a gente para receber as pessoas em nossa casa, em nosso lar! São os petiscos que dão as boas-vindas, ajuda naquele momento de criar e reconectar a intimidade, de quebrar o gelo da recepção.

Bem como falei acima meu Ebook de Receitas foi pensado para estes encontros. E dão guarida para todos os momentos do encontro: do Petisco ao Prato Principal, com excelentes sugestões de Acompanhamentos, com Sobremesas e Doces. Pratos pensados para você curtir a família, os amigos, atender ao paladar de crianças e adultos, sem muito esforço, sem muita preocupação. Pratos simples, mas que deixam marcas profundas em nosso paladar e em nossos corações.

Vou te contar como está estruturado meu Ebook Receitas de Família para Encontros Especiais.

Ele é composto de 8 Capítulos que chamo de Cadernos (menção que faço ao hábito de minha mãe colecionar e organizar  suas receitas): 
Assim dividi meu Livro:
4 Cadernos para os Pratos de Carnes (carne de vaca, porco, frango e peixe); 
1 Caderno para as Massas; 
1 Caderno para os Acompanhamentos com receitas maravilhosas de legumes; 
1 Caderno para as Comidinhas, petiscos, aperitivos, salgadinhos que não podem faltar nos encontros agradáveis e 
1 Caderno para Doces e Sobremesas.

Tenho certeza que aqui você vai encontrar a Receita Especial para o Dia dos Pais. 

Aonde Encontrar o Ebook de Culinária "Receitas de Família para Encontros Especiais"



Meu Ebook de Receitas está disponível na Amazon e por lá você pode ter acesso a uma prévia, pode ler, baixar e tenho certeza você vai querer adquirir este Ebook, pois ele é muito versátil com receitas fáceis, fácil de entender e de fazer, pois vem bem explicadinho e não importa o seu grau de iniciação na cozinha, você vai arrasar!!!








Bem você viu a Prévia e já imagina o que vem a seguir, só receitas para agradar a família, amigos, para deixar o encontro inesquecível.

Mas agora eu vou te passar uma receita muito boa que vai te ajudar muito na cozinha, pois ela pode muito bem ser um elemento para os aperitivos, mas também pode ser um elemento para um Prato Principal vou te passar aqui a receita arrebatadora do Catupiri da D. Carmen, minha mãe! Super fácil de fazer e com um sabor incrível.


Receita de Catupiri Caseiro

 Ingredientes
1 colher de amido de milho
250 ml de leite
1 xícara de chá de queijo parmesão ralado
1 colher de sopa de manteiga
1 pitada de sal





Modo de Preparo
Junte ao leite a maisena, a margarina, o queijo e a pitada de sal. 
Leve a mistura ao fogo mexendo sempre e sem parar até engrossar. Retire do fogo e coloque numa vasilha, em seguida, leva à geladeira. 


Sugestões e Dicas
Para garantir o melhor sabor use o queijo parmesão em pedaço e passe no ralador ou processador na hora. Caso escolha usar o queijo em saquinho procure uma marca de boa qualidade.

...

Bem Queridx Amigx curta bastante o Dia dos Pais e faça as receitas do Ebook Receitas de Família para Encontros Especais ou se seu pai adora ir para a Cozinha faça deste Ebook um belo presente para ele. 

E viva este Encontro como se fosse único, pois ele será mesmo!!!